Olívia Balster Fiore Correia, CRP01/20544, responsável técnica pelo serviço. Sou formada em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), especialista em Saúde Mental da Infância e Adolescência pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre e doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), pesquisando sobre intervenção precoce para crianças com risco autístico e crianças recém-diagnosticadas autistas.

     Em toda a minha formação, sempre fui apaixonada pelo desenvolvimento infantil. Conhecer o papel ativo do bebê em seu desenvolvimento e aprender sobre as suas primeiras interações afetivas e sociais sempre foi motivador para mim! Assim como também o foi conhecer minhas (sim, as considero também um pedacinho de mim), crianças autistas em um estágio que fiz ainda na graduação. Um novo mundo se abriu para mim! E uma força motivadora também para ajudá-las a realmente interagir e a se comunicar com todos. Mas, infelizmente, depois de inúmeros estágios que fiz, percebi que pouco se sabia efetivamente sobre intervenção e a melhor forma de ajudá-las. Devido a isto, fui fazer a especialização, pura e simplesmente, movida pela busca de um atendimento realmente especializado para estas crianças.

     Esta minha busca culminou em meu Mestrado e Doutorado e na minha atuação há tantos anos na área. Porém, sempre tive em meu íntimo a vontade de ajudar o maior número de famílias possível, pois me angustia muito saber que uma nova trajetória para o desenvolvimento infantil destas crianças pode ser redesenhada, desde que elas recebam intervenção adequada para tal. Mas, infelizmente, nunca me ocorreu realmente a idéia de como abarcar um universo maior de crianças do que aquelas de meu consultório ou salas de aula. Até que li, estudei e me apaixonei pela idéia da orientação on-line. Perfeito para expandir os meus sonhos e os sonhos de tantos que precisam de orientação específica.

     Sonho este também que se ampliou após a minha maternidade e a vivência cotidiana de tudo aquilo que tanto estudei ao longo dos anos. Afinal, estudei e estudo profundamente o desenvolvimento infantil neurotípico e com desvios, principalmente considerando as interações afetivas e sociais, a base de tudo. Somando isto às dificuldades que encontrei tanto em mim, quanto com outras mães em relação à melhor forma de cuidar de nossa maior fonte de amor, como ficamos perdidas e sem saber como nos comportar para garantir um desenvolvimento mais pleno de nossos pimpolhos, como precisamos ajustar as nossas interações, que se encontram desajustadas diante do medo do desconhecido, diante do cansaço, mudança de vida, dentre inúmeros fatores, surgiu a idéia de ajudar também todo o tipo de mãe que se encontra perdida no rico, complexo e apaixonante mundo do desenvolvimento infantil. Então, de repente tudo se encaixou: todo o meu envolvimento pelo desenvolvimento infantil desde que comecei a estudar, toda a minha busca por conhecer o mundo das interações afetivas e sociais e os seus desdobramentos, todas as minhas pesquisas, toda a vontade de compartilhar o meu conhecimento e experiência e o ápice, ser mãe, me fez e faz estar aqui para oferecer apoio e ajuda a todos que precisam dela.